Ed. Religiosa e Práticas de Ocultismo nas Redes Escolares (Charlie Charlie)

23:34 Kerollen Jordan 2 Comments



Olá pessoal, são 03:00 horas da manhã e resolvi escrever sobre esse assunto muito legal que não tenho medo ouvindo aqui música de Jesus.

Abordarei esse tema, porque a muito tempo venho refletindo e lendo diversos artigos sobre práticas de ocultismo na escola, muita das vezes originadas a partir de brincadeiras ou até mesmo de lendas urbanas 

Dentre muitas brincadeiras de mal gosto, uma em especial ganhou destaque e está assombrando muitos alunos, até mesmo professores das escolas Brasileiras, mês passado (maio de 2015), eclodiu a notícia em que uma série de possessões aconteceram em uma escola de Manaus (AM), confira o relato da Avó de uma estudante ao G1:

“Tinha bastante criança jogada no chão sem saber o que estava acontecendo. Meus netos chegaram contando que uma garota que estava com o lápis chamando pelo nome de um espírito que já morreu, e aí começaram a ‘pegar’ espírito”.

Verdade ou não, foi por causa desses tipos de "brincadeiras" conhecidas por muitas igrejas como "Práticas de Invocação ou Ocultismo" que desencadearam vários comportamentos agressivos e inexplicáveis. Estes tipos de "brincadeiras" não deveriam ser permitidos nas Escolas e deveria ser implantado nas mesmas aulas de Ed. Religiosa ou de Ética e Cidadania recriminando esses tipos de "recreação".

Ao ver de especialistas em psiquiatria:

“Se a caneta se mexeu, prefiro não comentar. Mas os alunos podem ter sim tomado um susto grande e terem essa resposta (comportamento) no sistema nervoso autônomo, e começaram a ter sintomas de uma doença. É a maneira inconsciente de pedir socorro”, explicou a psiquiatra e psicoterapeuta Roselis Gildo Bittar.
“As crianças gostam de brincar com coisas perigosas e que geram suspense, e elas esperam ser confortadas quando essa coisa perigosa se coloca na frente delas. Quando se concretiza, não quer dizer que estão preparadas para enfrentar. E então dispara a reação emocional, o sistema nervoso autônomo provoca essas reações”, disse Bittar.
Tentando explicar ao caso da Histeria Coletiva (reação de toda a escola ter entrado em pânico e terem vomitado, chorado e até desmaiado) explica a especialista Dra. Amanda Danta dos Santos
“histeria coletiva”, também chamada de “histeria em massa”. “A histeria é uma classe neurose que você sente organicamente. Todos nós somos histéricos ou psicóticos. Os psicóticos são os loucos, e o restante da população é histérica. No meio disso estão os limítrofes, os sociopatas”, disse a psicóloga.
Para a Psicologia, “histeria coletiva” é um distúrbio sociopsicológico onde várias pessoas manifestam, ao mesmo tempo, sintomas semelhantes, podendo até haver doença sem causa aparente. Segundo Amanda, esse tipo de histeria ocorre quando muitas pessoas acreditam que estão sofrendo uma doença, problema físico ou mental. “Um tem ideia, mas todos compartilham e acreditam, e sentem essa manifestação”. leia o artigo completo
Seria interessante que as escolas ensinassem que não é bom mexer com o que desconhece até mesmo para quem não acredita, pois, os maiores casos de lendas e "mistérios" são originados em escolas. Caso, (na minha opinião), na escola fossem proibidos esses tipos de "brincadeira" nada disso teria acontecido. 

Lembrando que: Quem é cristão não brinca com Demônio...

Fiquem com o trailer oficial do filme que deu origem a essa brincadeira


2 comentários:

  1. Parabéns, garota! Amei seu blog. Tudo de muito bom gosto. Apesar de ter sido uma exigência escolar, espero ver aqui toda sua originalidade, visto a imensidão de blogs do tipo existentes, para dar continuidade a este projeto e fazer deste um sucesso! Uma dica é postar notícias e/ou curiosidades referentes a nossa terrinha, mas de forma parcial, sabe?! Porque blogs estilo "Jornal Nacional" (apenas informativo) não despertam a curiosidade da galera. A gente gosta de se inspirar nas opiniões dos blogueiros polêmicos, esses sim fazem a diferença! Parabéns mais uma vez e APLAUSOS! Beijos, linda (e muito inteligente) Kell. Arrasou!

    ResponderExcluir
  2. Olá, Marla!

    Fico muito feliz em ter uma boa crítica vindo de uma profissional tão inteligente e dinâmica como você! Nossa, estou aqui vomitando arco-íris *o* aushau'
    Quanto à dica, fiquei muito feliz em receber, e estarei com certeza montando uma equipe pra dar um "up" no blog, e quem sabe, eu fazer um curso de web designer e expandir o blog a nível de mais "profissional", (ou eu faço uma vaquinha e contrato um kkkk). Obrigada mais uma vez pelo incentivo, abraços! Kel.

    ResponderExcluir