Por um Brasil realmente livre da escravidão.

08:59 Sabrina Macedo 0 Comments



Embora tenha sido decretado o fim da escravidão no Brasil com a lei Áurea, tal condição ainda é realidade para muitos brasileiros. A chamada escravidão moderna, em que os trabalhadores sofrem maus tratos semelhantes aos do século XVIII. As longas jornadas, a falta de remuneração adequada e as condições degradantes são os principais pontos do problema.
A verdade é que, a escravidão nunca deixou de existir no Brasil, apenas está camuflada devido a algumas melhorias que diferenciam a escravidão moderna e por atingir uma menor parcela da população. Como exemplo, trabalhadores que passam doze horas do seu dia em carvoarias sem ventilação, com condições prejudiciais à saúde, trabalhando praticamente de graça pois o pagamento é inapropriado. O mesmo acontece em canaviais e na roça, mas não são vistos pela sociedade.
Somando-se a isso, há também as agressões verbais e humilhações que alguns patrões exercem sobre seus funcionários, tão semelhantes às que os escravos sofriam, a agressão psicológica.
Dado o exposto fica claro que, ainda vivenciamos a desigualdade e o descaso com os menos favorecidos. É preciso portanto, que os direitos do trabalhador(e direitos humanos) sejam cobrados mesmo em regiões afastadas; com fiscalização governamental; um disk denuncia e multas aos empregadores que forem identificados explorando seus empregados. Somente assim o Brasil estará realmente livre da escravidão.

0 comentários: